.

Música de fundo



segunda-feira, 22 de agosto de 2016

A prosseguir com dignidade

Comentários
Maria Manuela Moreira
Maria Manuela Moreira  
para um poeta o infinito estás no seu querer...obr. por partilhar este maravilhoso pensamento....Bjs. Nella
Helder Fernando Gonçalves Helder Fernando Gonçalves
 Obrigado Amiga. 
É uma data que recordo com angústia 
- o desaparecimento daquela que foi minha mulher-

Maria Manuela Moreira
Maria Manuela Moreira lamento a perda... 
recordar é viver...momentos lindos não se podem esquecer...bjs.

 Bem Haja. 
Sabe sempre bem uma palavra amiga

Inês Zenha
Inês Zenha Para todos nós e para mim em particular o sentimento de perda é constante e inexplicável. Todos os dias a sua recordação e a sua falta me perturbam. Dói, dói muito, mesmo muito. Hoje todos somos um pouco aquilo que ela nos ensinou e nos influenciou tornando-nos melhores pessoas. Vejo-o, todos os dias claramente nos meus filhos de quem tenho grande orgulho. Ass: Helder (filho)
Henrique Padinha
Henrique Padinha Um poema lindo, onde vibra o sentimento profundo de uma saudade inesquecível.
Helder Fernando GonçalvesHelder Fernando Gonçalves Liliana Cigarra Gostei muito do que li,como o compreendo. O tempo passa, passa mas a saudade não se apaga e fica pra sempre.Um beijinho

 Também me lembrei de si, neste dia, minha amiga Lili. Caminhamos a mesma estrada, numa parceria de perplexidades e terríveis angústias que vamos superando com amizades e palavras de conforto que nos incitam a prosseguir com dignidade. Um beijo e bem haja pelas sua palavras que sei, serem bem sentidas!

Alexandra Castelo Padinha
Alexandra Castelo Padinha As palavras são o que fazemos delas. São como as cores numa tela, que o artista mistura com sentimento, revelando as imagens que transpiram da alma. Este poema Helder, tocou-me pela sensibilidade e pureza de sentimentos expostos, como um desabafo partilhado num pranto de tons pastel, de uma beleza imensa, respirando a dor, a ausência, o carinho, o amor, que existem sem forma, aqui rendidos aos contornos da poesia. Tão bela imagem da saudade, que partilho, de uma tão igualmente bela alma que partiu, amiga verdadeira, amizade sincera, daquelas que nos fazem crescer, e revelam o que de melhor há em nós… E que tão belas palavras, e que sortudos somos por as podermos ler. Obrigada por partilhar esta tela de sentimentos, que fazem jus à presença ausente, talvez não tão ausente assim, presente no pensamento e na memória de quem ama. Um grande xi apertado ao escritor amigo que agora sei ser poeta.

Helder Fernando Gonçalves Helder Fernando Gonçalves
Bem Hajas, querida Xana : 
o teu comentário é eloquente!

Maria Fatima Moreira Santos
Maria Fatima Moreira Santos e é mesmo, não fosse 
a xana uma artista também