Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2013

Se eu pudesse ...Si je pouvais

Ah, se eu pudesse recuar no tempo! A força cósmica que assim permitisse. Tudo o que calei  e jamais disse. Apagar o que a outros fiz sofrer O que não escutei, por não entender Nem perceber – Um dia, tudo fugisse.
Ah, se eu pudesse recuar no tempo! Ouvir todos com mais atenção: sentir melhor as palavras – o coração. Mais empenhamento no bem cuidar. Do verbo transmitir e a saber dar Sem  soberba, nem também  de oração!
Ah, se eu pudesse recuar no tempo! Muita coisa cuidaria dentro de mim. Sereno, com mais alegria, pondo fim, às lutas que travei, quantas sem valia naquilo que melhor seria algum dia atinasse o caminho, seria isso enfim!
Ah, se eu pudesse recuar no tempo! Os amigos -  esses não os perderia Remorsos e penas, jamais sentiria Cuidar sempre da desculpa na ofensa, tolerância - no amor, menos descrença. Comigo próprio, agora, melhor estaria
Si je pouvais

+Hélder Gonçalves Junho 2013

POEMA A MEU FILHO -POEM TO MY SON

Quando chegastes – meu filho, alegria sentida - tu nos meus braços! Olhei para ti -  perfeito, vaidoso fiquei. Orgulho de pai, sentimentos num trilho. Da família continuar e construir laços De tanto amor que senti, então chorei
Todos juntos a ti -  a família em redor A cresceres –  saudades desse tempo. brincarmos na praia, momentos passastes Os teus amigos, e o teu primeiro amor Tuas lutas, ideais soltos como o vento. Estudos ,conseguidos que granjeastes.
O teu casamento, a fotografia o evento. O primeiro filho, o meu primeiro neto Noites, também por ele não dormidas Tuas, lutas travadas sem um lamento Pai e homem que fostes, sempre reto Tua solidão,  minhas angustias sofridas
Agora, olho para ti – cabelos brancos: Revejo  nossos momentos, fico pensando, daquilo que desperdicei em não estar mais tempo  contigo,  por tal lamentando, o que já não me resta -  para trás olhando,  não ter dito, vezes sem conta, a palavra amar!


Hélder Gonçalves