Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2016

A prosseguir com dignidade

Comentários Maria Manuela Moreira
para um poeta o infinito estás no seu querer...obr. por partilhar este maravilhoso pensamento....Bjs. Nella
Helder Fernando Gonçalves
Obrigado Amiga. 
É uma data que recordo com angústia 
- o desaparecimento daquela que foi minha mulher-
Maria Manuela Moreiralamento a perda... 
recordar é viver...momentos lindos não se podem esquecer...bjs.
Helder Fernando Gonçalves Bem Haja. 
Sabe sempre bem uma palavra amiga<

A Fotografia de um momento

Image courtesy of imagerymajestic at FreeDigitalPhotos.net

Probabilidades

Comentários Helder Fernando GonçalvesA inquietude que te domina e que é o alimento da tua alma tem o dom de fazer de ti uma poetisa de mão cheia. Tua vida atormentada envolve-te numa constante perpexidade. Ao ler-te sempre me fica a nítida conscienciia da tua alma doce mergulhada numa infinita e suave tristeza. Parabéns
Helder Fernando GonçalvesMerece um bride ao meu jeito Descurtir · Responder · 1 · 4 h

ENCONTRO - por Hélder Gonçalves

Quando te encontrei Após longo tempo, Juntos naquele espaço Duas chávenas de café Bem perto já esquecidas


A Respeito de PRIORIDADES:

A Respeito da: DISTÂNCIA

A Respeito do Futuro

Análise Literária de Carlos René Oliveira - Brasilia -DF Da Obra: A Minha Luta do Escritor Hélder Gonçalves

Comentários Carlos René Oliveira

Belo Poema. Como seria a Vida se optássemos sempre em lutar por aquilo que tivéssemos certeza da vitória. Aquela loteria fraudada a todo momento. Um ou muito amor é necessário para se enfrentar a barra do nosso tempo, impregnado por tantas lutas absurdas, necessárias, cruéis. Até algumas ditas religiosas, fanáticas. É o que examino, com satisfação, na "Minha Luta" do Escritor e Poeta Português Helder Fernando Gonçalves . E o de maior relevo é que das palavras, no exame psicológico de fundo, sinto que ele vive as palavras, não sendo elas um mero exercício intelectual. Cumprimentos ! ! ! * * * * * Brasília-DF, 02/08/2016. Anexo texto do Mestre-Poeta Vinícius de Moraes. Para Viver Um Grande Amor

Vinicius de Moraes

Para viver um grande amor, preciso é muita concentração e muito siso, muita seriedade e pouco riso — para viver um grande amor.

Para viver um grande amor, mister é ser um homem de uma só mulher; pois ser de muitas, poxa! é d…

Uma Palavra Cinco Letras - por Hélder Gonçalves

Uma palavra Cinco letras Tudo dito Uma palavra Não proferida Demais sentida Magoada Uma palavra Mil silencios Olhos a brilhar Mãos largadas Lentamente Olhares tensos Última chamada Um vai ficar Fim de tempo Costas voltadas Outro seguirá Voará nos céus Irá voltar? Uma palavra Cinco letras Adeus!

Hélder Gonçalves Novembro 2013

Pensamentos - por Loubah Sofia

Às vezes gritos de corações justos em silêncio, calam profundamente os brutos.
Por isso, não se mede o valor d’um pássaro pela altura do seu vôo, nem pelo colorido de suas penas.
Mas...
Por sua capacidade de cantar na tempestade
Loubah Sofia em o Ballet dos Camelos

Eu Sou Feita De Pedaços De Espelhos - por Ronilda David

Sabe… Eu sou feita de cacos de vidro Entre eles há espelhos, aço, E pedacinhos de margaridas.
Por vezes machuco quando tento dar carinho.
Mas me perdoa...
Peço  perdão...
Mas não vê que sou bem-me-quere E mal-me–quere também?
Se às vezes cego seu olhar com Lágrimas de tristeza.
Perdão, perdão Meu Aba adorado...
O aço quando fundido ele derrete E queima.
Não foi por mal querer.
Sou feita de fragmentos de espelhos Onde vê em minha alma o feio e o belo, a imperfeição do que não sou perfeita Por isso se muitas vezes por palavras e atos.
Já dilacerei o seu coração Peço com humildade...
Me perdoe pois sou tão humana quanto és humano.

Teus Olhos - Por Ronilda David

Teus olhos - Tanto dizem no silêncio que sorri. Cristalina lágrima que cai, Fazendo-me doce carinho na dor - Nesta impotência de saber eu, Que, poesia, não abraça: O ADN nos digitais, destas minhas mãos que trazem Na memória, o caminho do teu coração
Ronilda David/Loubah Sofia
 Alma feita de Ti.

Poetas e escritores do Amor e da Paz - PEAPAZ

Homenagem à Ilustre Poetisa SILVIA MOTA


Dedicado a Ronilda David

No desatino do teu ser Inquietude eu encontro Tua alma atormentada Gritos e silêncios haver Em perene desencontro Lágrima tanta derramada